Bens Externos


Bens Externos

   “A vida de um homem não consiste na abundancia das coisas que possui”
     A palavra Do Mestre está cheia de oportunidade para quaisquer círculos de atividade humana, em todos os tempos.
     Um homem poderá reter vasta porção de dinheiro. Porém, que fará dele?
     Poderá exercer extensa autoridade.     
     Entretando como se comportará dentro dela?
     Poderá dispor de muitas propriedades.
     Todavia, de que modo utiliza os patrimônios provisórios?
     Terá muitos projetos elevados. Quantos edificou?
     Poderá guardar inúmeros ideais de perfeição. Mas estará atendendo aos nobres princípios de que é portador?
     Terá escrito milhares de páginas. Qual a substancia de sua obra?
     Contará muitos anos de existência no corpo. No entanto, que fez do tempo?
     Poderá contar com numerosos amigos. Como se conduz perante as afeições que o cercam?
     Nossa vida não consiste da riqueza numérica de coisas e graças, aquisições nominais e títulos exteriores.
     Nossa paz e felicidade dependem do uso que fizermos, onde nos encontramos hoje, aqui e agora, das oportunidades e dons, situações e favores, recebidos do Altíssimo.
     Não procures amontoar levianamente o que deténs por empréstimo.
     Mobiliza, com critério, os recursos depositados em tuas mãos.
     O Senhor não te identificará pelos tesouros que ajuntaste, pelas bênçãos que retiveste, pelos anos que viveste no corpo físico.
     Reconhecer-te-á pelo emprego dos teus dons, pelo valor de tuas realizações e pelas obras que deixaste, em torno dos próprios pés.
                     Emmanuel-Psicografia Francisco Cândido Xavier
                                       Do livro Caminho, Verdade e Vida
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...